SEMINÁRIO "A Saúde Mental nas Crianças e Jovens"

2019-06-24
A ASSOCIAÇÃO LILÁZ e a DYPALL NETWORK, associações com foco nas preocupações dos jovens sediadas na região do barlavento algarvio, promoveram no passado dia 24 de Junho de 2019 no Museu Municipal de Portimão, um Seminário de debate sobre a Saúde Mental nas Crianças e Jovens da região algarvia. Neste seminário estiveram presentes mais de oitenta pessoas, entre participantes e convidados, com o objectivo de debater as problemáticas e desafios existentes, dando a conhecer projectos inovadores e procedimentos de boas práticas. E ainda troca de experiências, dúvidas e criação de laços entre entidades e participantes. O evento teve o apoio da Câmara Municipal de Portimão e vários parceiros de diversas instituições e particulares do ramo da Saúde e Educação. Contou ainda com as participações especiais da DUAL (coffee break) do CLUBE DA BATUCADA e dos STAM (animação musical e artística) e ALEXANDRE GIÃO CAMILO (fotografia). Após a sessão de abertura que contou com o representante da DYPALL Network, Bruno António, o representante da ASSOCIAÇÃO LILÁZ, Carlos Reis, e a Drª Ilda Silva, representante da DGESTE, deu-se o mote para o início dos trabalhos. Durante o período da manhã foi possível partilhar perspectivas e projectos locais na área da saúde mental em crianças e jovens bem como projectos inovadores que tenham uma abordagem diferente ao tópico. Foi, ainda, possível contar com a presença do Clube da Batucada, um dos projectos inovadores, que surpreendeu todos os participantes com uma performance única e representativa do trabalho que têm vindo a desenvolver. Durante o período da tarde, o grupo dividiu-se em grupos de trabalhos mais específicos “Intervenção em Contexto Familiar” e “Intervenção nos Agrupamentos Escolares”, onde os presentes tinham a oportunidades de participar de acordo com a sua área de interesse, criando-se assim momentos mais intimistas de partilha e aprendizagem. Para encerrar este dia, os STAM, companhia de dança, presenteou o grupo com a sua actuação. Pretendeu-se activar a discussão e reflexão sobre o tema, reunindo diferentes actores, de forma a aumentar a rede entre os mesmos, partilhar desafios e encontrar soluções, sendo este apenas o início de um processo.